Bikes & Treinos de Atletas!

Por J.D Edde

J.D.Edde em ação no kitesurf, no surf, e no dia que estreou as pedaladas na Blitz MTB Colorado!

Atletas de esportes aquáticos como o surf e o kitesurf, que dependem de variáveis da natureza para praticarem seus esportes, descobriram na bike uma excelente aliada para manter o preparo físico em momentos em que o mar não está para peixe!

Blitz MTB Colorado: uma boa pedida para quem quer treinar curtindo as trilhas da vida!

A bicicleta é comprovadamente uma eficaz ferramenta de treinamento de baixo impacto para impulsionar a força das pernas, melhorar a resistência cardiovascular, e garantir preparo físico em dia. As preferidas da galera são as speeds, bikes de estrada, e as mountain bikes.

Eu mesmo, de vez em quando, pego as trilhas do Parque Nacional da Tijuca com uma Blitz MTB Colorado. Desta foma, eu me mantenho em atividade, independente do kite, e ainda relaxo!

O surfista Ian Walsh treina com uma mountain bike e ama! Foto: Instagram @ian.walsh

Surfistas como Julian Wilson Top do WT, Ian Walsh (ondas grandes) e Albee Layer, entre outros, estão sempre se jogando nas estradas da vida:

— Quando as ondas são ruins, eu realmente gosto de andar de mountain bike. Já faço isso há alguns anos. É bem diferente do surf. Eu costumo ir sozinho. Estaciono meu carro, subo na floresta e não vejo outra pessoa por horas. É super divertido sair e acabar por se perder por lá – não há serviço de celular – e então você consegue a adrenalina total e também é meditativo de certa forma.

(Trecho de uma entrevista de Albee Layer para a Surfer Magazine).

Albee Layer: mountain bike reforça as pernas para enfrentar incríveis jaws! Foto: cdn.surfer.com

Uma dica que eu dou para quem quer treinar na estrada é verificar se há equipes organizadas de bicicleta perto da área em que mora. Para quem prefere a mountain bike, a melhor pedida é se informar na internet  sobre as trilhas disponíveis, checar se está apto para o grau de dificuldade de cada uma e se “jogar”.

Bom pedal!

J.D.Edde

Edição: Maria Doria

Blitz Bike Shop Ipanema: A festa!

A frente da nossa Bike Shop Ipanema, na Anibal de Mendonça, 108 lj B, virou um bar dos bons!

O que dizer da festinha de inauguração da nova Blitz Bike Shop Ipanema? Foi tudo de bom, arrasou; foi irada, massa, bapho; uma farra, um reggae dos bons; foi da hora, foi mara. Pouco importa, porque foi tudo isso. Uma festa com astral alto, gente do bem, som gostoso com o DJ Rodrigo Rodriguez, cerveja gelada, petiscos deliciosos, noite fresca, cenário perfeito! Quem chegou lá sabe que é verdade. Foi bom demais!

Philippe Novello, como gostamos de dizer nas internas : feliz que nem pinto no lixo!

Nosso boss Philippe Novello, esse libriano com jeito tranquilinho, mas corajoso o suficiente para expandir sua marca, enquanto a maioria quer encolher nesse nosso país, era pura alegria e esse foi o tom da noite. Todo mundo deslizando aqui e ali, batendo papo, rindo, bebericando, se divertindo. A cara do Rio, a cara da Blitz!

Agradecimentos especiais aos nossos apoiadores, responsáveis também pelo sucesso dessa noite bacana:  Wöllner;  Rádio Ibiza; Empório Veganza,  Juçaí Orgânico e Cerveja Praya!

E um beijão especial também em nossos embaixadores que compareceram em peso física e virtualmente (João Daniel Edde postou e mandou boas energias de Bali onde treina e grava novidades no kitesurt). Valeu Cynthia Howlett,  Doug Clayton;  Renata Diehl e super valeu também a presença do nosso mega querido Pedro Cury,  o fotógrafo da nossa Campanha 2017, que saiu pela primeira vez de casa (após um longo período de molho por causa de um grave acidente de bike) para nos prestigiar. Amamos, você é o cara!

Minduim , um fotógrafo incrível e um carioca das melhores gemas, foi curtir com a gente!

Obrigada a todos os amigos e clientes que prestigiaram nossa festa. Até a próxima! \o/

Blitz + Wölnner: Live act!

Pedale Preserve Transforme! Nosso amor em comum pelas bikes e nossa parceria com a Wöllner RJ continua! O que queremos? Estimular uma Mobilidade Urbana mais sustentável através da divulgação dos inúmeros benefícios de usar uma magrela para se movimentar na vida!

Nesse espírito, no último sábado (27/05) foi dia de Bike Art na Wollner Ipanema: O ilustrador e ciclista Rogerio Simonetti  personalizou, ao vivo, duas Blitz Dobráveis City. Adoramos o resultado. #supervaleu

Foi uma cena divertida e inspiradora com direito a cerveja gelada, bebidas ‘do bem’ e biscoitos Globo liberados para a galera que passou por lá para prestigiar esse irado live act! Não foi? No próximo não dê bobeira!

A​ Prancha ELLA & A Blitz!

Sinergia das boas: Marzão, prancha Ella, a surfista Renata Diehl e a bike Blitz Mistral! #parceria10

As pranchas da Coleção Ella da Art in Surf ganharam destaque na campanha das Bicicletas Blitz ao lado da Beach Mistral​, a bike preferida pelos praianos e que​, por isso mesmo,​ pode ser adquirida na Art in Surf de Búzios!

A surfista, yogini e biker Renata Diehl​​, ​que se movimenta pelo Rio a bordo de uma Blitz Mistral (e ama), ​após a sessão de fotos ​também ​declarou todo o seu amor pela Round the House, um dos três modelos Ella criados pelo artista plástico Peu Mello​ .

A Coleção Ella é um dos maiores hits entre as pranchas criadas pela Art in Surf! #curtimos

O trio de shapes da Ella fo​i desenvolvido para todo tipo de onda do nosso litoral. A Round the House é uma prancha híbrida, ​vai bem em ondas tubulares ​e em ondas cheias, proporciona uma ótima remada e muita velocidade. A Fish & Ships funciona em todo tipo de mar​,​ mas sua especialidade são as ondas mais cheias​. A Air Square é a mais radical da coleção, a rabeta cortada gera muita explosão e uma quebra de linha muito grande, ideal para os beach breaks do Brasil. Bora bikear e surfar?

A Blitz na China International Bicycle Fair!

Daniel Sztokman e Philippe Novello na SHANGHAI International Outdoor Cycling Products Fair

A Blitz está, literalmente, do outro lado do mundo! Nossos diretores Philippe Novello e Daniel Sztokman levaram  o marcante design e o estilo único das nossas bicicletas urbanas para  The 27th China International Bicycle Fair, no segmento SHANGHAI International Outdoor Cycling Products Fair 2017!

O projeto do stand é da arquiteta Carla Aveline e o painel é criação da designer Daniela Cacciola.

O evento começou oficialmente no último sábado, dia 06, e terminará amanhã, dia 08 de maio, mas os preparativos para montar nosso stand  inspirado no lifestyle do Rio de Janeiro, berço da Blitz, começaram meses antes. Valeu, ficou tudo lindo e fiel ao projeto!

Colaboradoras cedidas pelos fabricantes para apoiarem a comunicação e os negócios em chines!

Com 30 anos de mercado, a Sodibike, importadora, distribuidora e detentora da BLITZ, quer expandir e estender a a representação da marca para outros países. Por sua importância no mercado mundial de bicicletas, a SHANGHAI International Outdoor Cycling Products Fair 2017 é uma excelente vitrine para mostrar nosso expertise  em bikes urbanas e alcançar esse objetivo.

Philippe Novello e Daniel Sztokman ao lado do grande parceiro Mario Moreira, da Naxo.

As bikes Blitz são comercializadas em cerca de 300 pontos de vendas nas principais capitais brasileiras e são distribuída na Europa, via França, mas também queremos levar nosso compromisso com a mobilidade urbana para outras fronteiras. #vadeblitz

Philippe e Daniel Sztokman ao lado do montador chinês do nosso stand. O cara mandou bem!

Lançamento da nossa edição especial da linha Alloy: a Blitz Nóia.

A Equipe Blitz convida você para o Lançamento da nossa edição especial da linha Alloy: a Blitz Nóia.
A Blitz é carioca e urbana por isso, nada melhor que convidar a street artist
Lynn Court para grafitar nossa bike dobrável.

Agora, nossa magrela ficou ainda mais estilosa.

Venha no nosso cocktail de lançamento no dia 01 de Agosto das 17:00 às 20:00 com a presença da artista Lynn Court.
Local: Loja Modern Bike – Copacabana – Rua Barata Ribeiro, 752

IMG_3570

https://m.youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=FcnM4sMmt_A

Veja as vantagens e benefícios de andar de bicicleta…

01

E MAIS!:

· Pedalar fortalece o corpo e a mente

· Lhe dá mais tempo livre

· Melhora seu orçamento

· Ajuda a perder peso

· Melhora o planeta

foto

PLANO PARA ANDAR DE BICICLETA

O ideal seria arranjar, no mínimo, três horas por semana para pedalar. Os benefícios começam a ser visíveis depois dos primeiros 20 minutos de pedal.

Os resultados que consegue, se pedalar durante:

10 minutos – Melhoria articular

20 minutos – Reforço do sistema imunitário

30 minutos – Melhorias no nível cardiovascular

40 minutos – Aumento da capacidade respiratória

50 minutos – Aceleração do metabolismo

60 minutos – Controle de peso e ação anti-stress.

Para pedalar existem várias recomendações.

É necessário fazer alongamentos prévios, trabalhando sobretudo os músculos das pernas, os glúteos, a zona lombar e o pescoço durante alguns minutos, como se estivesse a espreguiçar-se. A cada dia que passa deve aumentar a duração dos alongamentos, tanto para a bicicleta estática como para a bicicleta normal. Se preferir pedalar ao ar livre, não se esqueça que o creme protetor (para proteger do sol e do vento), o capacete e material refletivo são imprescindíveis.

7 cidades pelo mundo que estão se tornando livres de carros

Um típico paulistano que utiliza o carro todos os dias para trabalhar perde 1 mês por ano de sua vida no trânsito. Algumas cidades já perceberam que o automóvel não é a melhor opção para grandes centros urbanos. Os carros poluem o meio ambiente, causam acidentes e mortes e estão se tornando um meio de transporte lento e estressante.

Em Londres, se você for a algum lugar de bicicleta, chegará mais rápido do que se tivesse utilizado um carro. Um estudo britânico constatou que os motoristas gastam 106 dias de suas vidas à procura de vagas em estacionamentos. Para fugir desta caótica realidade, algumas cidades estão proibindo o uso de carros em determinados bairros, aplicando multas aos que descumprem as regras.

Veja abaixo algumas das cidades que estão abandonando, aos poucos mas de vez, os automóveis:

1. Madri, Espanha

Madri já proibiu o uso de carros em algumas regiões e pretende aumentar essas áreas. Quem trafegar de carro em áreas proibidas pagará uma multa de U$ 100. A cidade pretende deixar o centro de Madri completamente sem carros nos próximos 5 anos. As ruas serão redesenhadas para caminhar e não para dirigir. Além disso, os carros mais poluentes pagam um valor mais alto para estacionarem nas ruas.

MadriCarros

2. Paris, França

No ano passado, quando os níveis de poluição atmosférica estavam muito elevados em Paris, a cidade proibiu o uso de carros com placas pares por um período. A poluição diminuiu em até 30% em algumas regiões. Desta forma, a cidade pretende desencorajar o uso de automóveis nos próximos anos. No centro da cidade, pessoas que não moram na região central, não poderão utilizar automóveis nos finais de semana e, em breve, também não poderão utilizar os carros durante toda a semana. Em 2020, o prefeito planeja dobrar o número de ciclovias e proibir carros a diesel. O número de condutores na cidade já está começando a cair. Em 2001, 40% dos parisienses não possuíam carros, hoje 60% não possuem carro próprio.

ParisCarros

3. Chengdu, China

Uma nova cidade satélite planejada no sudoeste da China poderia servir como um modelo para locais modernos. As ruas foram projetadas para que as pessoas consigam chegar a qualquer local da cidade em apenas 15 minutos a pé. A maioria das pessoas poderá ir caminhando ao trabalho nos bairros locais. Os arquitetos Adrian Smith e Gordon Gill realizaram o projeto, que em breve será implementado.

ChinaCarros

4.Hamburgo, Alemanha

A cidade não planeja proibir totalmente o uso dos carros. Ao invés disso, está tornando mais fácil ficar sem dirigir. Um nova “rede verde“, que será concluída entre 15 a 20 anos, irá conectar parques ao redor da cidade, desde jardins comunitários, reservas ou playgrounds até cemitérios. A rede cobrirá 40% da área total de Hamburgo, que será totalmente interligada por meio de ciclovias e vias para pedestres.

HamburgoCarros

5. Milão, Itália

A cidade de Milão está testando uma nova forma de diminuir o uso de automóveis nos centros da cidade. Quem deixar o automóvel em casa, ganhará um “vale” com o mesmo valor de um bilhete de ônibus ou trem. Para evitar fraudes, é necessário instalar uma caixa conectada à internet no carro para o controle e localização do automóvel.

MilaoCarros

6. Copenhagen, Dinamarca

Anos atrás, a cidade tinha um tráfego caótico. Para mudar este cenário, os dinamarqueses aderiram ao uso de bicicletas, para se locomoverem e irem ao trabalho. Na década de 1960, a cidade começou a implantar zonas para pedestres e os espaços para carros foram diminuindo ao longo dos anos. Atualmente, a cidade tem mais de 200 quilômetros de ciclovias, com novas auto-estradas de bicicleta em desenvolvimento, para chegar a seus arredores. A cidade tem uma das taxas mais baixas de propriedade de automóveis na Europa.

CopenhagaCarros

7. Helsinki, Finlândia

Em um novo plano, a cidade apresenta um projeto que busca fazer com que seus cidadãos não tenham mais motivos para utilizar carros. O objetivo é mudar a forma como as pessoas se locomovem dentro da cidade e integrar vários tipos de transportes públicos. Um novo aplicativo, ainda em testes, permitirá que os cidadãos acessem instantaneamente uma bicicleta, carro, táxi compartilhado e encontrem ônibus ou trem mais próximos.

helsink

Saiba como fazer a compra de uma bicicleta bonita e confortável

No mercado, existem pelo menos quatro tipos de modelos de bike e você precisa encontrar a bike confortável conforme a sua necessidade. Entre os modelos comuns encontrados no mercado temos as bikes de conforto, de montanha, de estrada ou de fitness. Cada uma delas poderá ser encontrada em diversos tipos de materiais, o que deverá influenciar de forma direta o seu peso.

Os modelos de bike confortável mais leves são produzidas em fibras de carbono, podendo inclusive ser mais caras que as bicicletas convencionais. Existem ainda as bicicletas que são de alumínio, e que são consideradas as mais comuns e também as bicicletas mais pesadas, estas que são construídas em ferro, e tendem a ser um pouco mais baratas.
A partir do seu ponto de vista nos exercícios, você define como poderá ser a sua bike.

Antes de ir comprar uma bicicleta nova, existem algumas questões que precisam ser decididas, como por exemplo, se você é um ciclista ávido, talvez a bike confortável que você precise escolher é uma bicicleta de estrada, se você curte aventuras e pretende andar em terrenos sinuosos existem as bicicletas de montanha, para passeios mais curtos, existem as bicicletas de conforto. E ainda tem mais bicicletas apenas para praticar fitness.

Ao escolher uma loja dedicada exclusivamente a bicicletas, você poderá ter de pagar um valor a mais pela bicicleta do que se fosse em uma grande empresa comercial. Em contrapartida estas lojas são montadas e rigorosamente testadas com padrões de qualidade, o que não acontece em grandes lojas de varejo e talvez você nem sempre compre a bicicleta que é a melhor para a sua necessidade.

Ao se dirigir a uma loja de bikes específica, você deverá dar uma volta e procure testar seus componentes, como por exemplo os freios, as mudanças de marchas, a suspensão, o selim, para que possa se certificar que ela é fácil de usar e está perfeita conforme sua necessidade.

Quem gosta de andar de bicicleta deve sempre adquirir equipamentos de segurança, como um bom capacete ou um tênis próprio para ciclismo para ser mais fácil de pedalar.

bicicleta-blitz-confort

Confira os Benefícios e Diferenciais de Utilizar uma Bicicleta Dobrável

A bicicleta dobrável é uma excelente alternativa para utilizar para quem não conta com um lugar seguro para guardar a bicicleta. Uma vez que dobrada, a bicicleta poderá ser guardada em qualquer canto de sua casa ou do seu trabalho, além é claro de caber facilmente em um elevador.

Os modelos de bike dobrável são excelentes para andar por pequenas distâncias e é considerada como uma ótima solução para quem usa transporte público, mas gosta muito de pedalar. As bicicletas dobráveis poderão ser consideradas como uma bagagem e por isso são permitidas em ônibus e metrôs em diversas grandes cidades.

Contando com uma bike dobrável é possível se praticar exercícios todos os dias e ainda pedalar do caminho entre a casa e o trabalho de você morar perto, além é claro da qualidade de vida que você vai conquistar.

A praticidade é o nome dado a bike dobrável, esta que economiza muito espaço e integra a mobilidade e praticidade para a vida de quem gosta de andar de bicicleta mas não tem opções onde guardar uma.

A bicicleta dobrável é uma boa pedida para usar no dia a dia?

No Brasil não pensamos muito em bicicletas como veículos, ou como um meio de transporte e sim algo para diversão, por isso achamos realmente um absurdo pagar R$ 1000 por uma bike dobrável por exemplo.

As pessoas acham plausível se pagar 100 mil em um automóvel e 30 mil em uma moto repletos de tecnologia e segurança, mas acham absurdo pagar algo em torno de R$ 3 mil por uma bicicleta repleta de tecnologia e segurança.

A resposta para saber se a bicicleta dobrável é boa ou ruim é simples, assim como qualquer outro tipo de bicicleta existem as de melhor e pior qualidade. O fato de serem dobráveis não interfere nelas serem piores ou melhores do que as bicicletas convencionais. Existem sim no mercado bicicletas dobráveis boas e ruins.

As características que podem diferenciar as bicicletas dobráveis de outras não estão em sua qualidade mas uma série de outras vantagens. Mas a principal está na portabilidade.

fit